7 maneiras comprovadas para viajar de graça

escrito porCarina Takahama 14 de março de 2017
O deslocamento muitas vezes é a parte mais cara da viagem.Se quer ir longe, claro que será a mais cara, com certeza.
E há diversas maneiras de minimizar os custos com certo planejamento e também alterando o estilo de viagem.
Aqui você aprenderá diversas maneiras de como viajar de graça porém nem todas as formas se encaixam no perfil de todos os viajantes.
Prepare-se para viver situações inusitadas!

Viajar com a Força aérea Brasileira (FAB)

Você pode pegar carona nos voos programados  da Força aérea brasileira (FAB) para onde a FAB realizará missões ou serviços.
Para viajar com as Força aérea brasileira, primeiro tem que fazer um cadastro no Correio aéreo nacional, levando cópias de identidade (RG e CPF) e comprovante de residência.
Vá presencialmente em uma base da FAB, preencha seu formulário de interesse e aguarde a vaga ser aberta.
O formulário tem validade de 10 dias, então se em 10 dias você não for chamado precisa tentar novamente.

Ideal para quem:

  • Tem tempo de sobra pois você não sabe quando irá embarcar.
  • Não vai levar tanta coisa, pois tudo dependerá do espaço que a aeronave dispõe.
  • Aceita viajar tanto no conforto da poltrona quanto no bagageiro.

Procure o serviço com antecedência pois os voos não funcionam como os comerciais que tem horários e datas estabelecidos.

 Use milhas para conseguir desconto e até viajar de graça

Sim, viajar de milhas já não é para qualquer um. A quantidade exigida aumentou, juntar já não é tão fácil apesar dos vários programas para acumulá-las.
Mas apesar de serem melhores aplicadas para quem viaja muito ou utiliza bastante o cartão de crédito, é ainda uma forma de conseguir viajar com desconto e até de graça.
Muitas empresas aéreas oferecem este tipo de relacionamento, como Avianca, LATAM, Gol e Azul.

Procure por promoções de milhas. Sim, elas existem e são uma ótima oportunidade!

Viajando de Carona

Viajar de carona é muito comum em diversos cantos do mundo. Conheço muitas pessoas que viajam de carona e eu também já tive uma vivência dessa.
Esse estilo de viagem pode ser feito de diversas maneiras:

Carona de Dedão:

Ir para a estrada tentar a sorte. Para uma carona de beira de estrada bem sucedida:
  • fique perto de postos policiais
  • se não se sentir segur@, não pegue a carona
  • tente pegar o máximo de informações do carona possível.
  • passe informações atualizadas sobre sua viagem para alguém

Carona combinada:

Há sites e aplicativos disponíveis que juntam caronas e passageiros. Você pode combinar preço, local de saída e chegada.

Também já viajei muito de carona combinada, principalmente pelo Bla Bla Car (antes disso eu usava o Tripda que foi descontinuado). Fiz muito a rota Campinas – São Paulo, mas também já fui distante como São Paulo – Florianópolis.
Tem também o Beepme, mas não tive boas experiências com ele. Na verdade, nunca consegui uma carona sequer durante o tempo que tive o aplicativo instalado.
Precauções:
  • Veja o perfil do motorista (avaliações, perfil geral)
  • Troque algumas mensagens para se sentir segur@

Carona são uma ótima maneira de conhecer pessoas, não viajar sozinho, dividir gastos.

Organize uma viagem

Você gosta de viajar e gosta também de organizar e planejar uma viagem.
Muitas excursões funcionam assim: a pessoa organiza toda a viagem e quem irá viajar, fica responsável por toda a parte burocrática e financeira, e no final ela acaba viajando de graça ou quase de graça.
Tire proveito desta habilidade e planeje viagens para mais pessoas.

Encontre uma vaga em Serviços de bordo

Se você tem alguma habilidade necessária para fazer parte de um serviço de bordo como cozinhar, limpar, vender, entreter, ser profissional da saúde, etc. talvez essa seja uma maneira diferente de viajar.
Os cruzeiros principalmente devem funcionar de maneira independente, são quase uma “mini cidade”
Mas os navios podem ser comerciais (cruzeiros), cargueiros ou pessoais como iates ou veleiros.
Lembro do meu antigo locatário falando que o irmão dele veio da Cidade do Cabo para o Brasil de veleiro porque ele sabia cozinhar muito bem.
Exigências: normalmente a pessoa tem que ter experiência em viajar de iate ou cruzeiro, falar inglês ou alguma língua em comum.
Dê uma olhada nas oportunidades:
Carreira a bordo

Viajando através da Cultura

Há um Programa do Ministério da cultura chamado Programa de Intercâmbio e Difusão Cultural.

As oportunidades são para artistas, técnicos e estudiosos da área cultural e serve como ajuda de custo para quem quer promover a difusão cultural, se capacitar ou multiplicar a cultura brasileira.
Para participar ocorre uma seleção pública via Edital e as inscrições são online.
Difusão cultural, capacitação, disseminação da cultura brasileira.

Viaje com algum amig@ que trabalha numa empresa aérea

Parece uma lenda, mas não é.
Há muitas vantagens em trabalhar para uma empresa aérea, dentre elas os descontos mais do que vantajosos para passagens.
Quem viaja acompanhado de quem trabalha numa empresa aérea também consegue descontos, mas tem que viajar junto!

Boa viagem!

Carina.

0 comentários
0

Veja também

Deixe um comentário